Glossário A-Z

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V
Ampelografia

É a disciplina da botânica e da agronomia que estuda, identifica e classifica as variedades das uvas.

Antocianinas

Os pigmentos encontrados na casca da uva vermelha que dão ao vinho tinto a sua cor.

Aparência

Refere-se à clareza do vinho e não à sua cor. Algumas descrições comuns referem-se à qualidade reflexiva do vinho: brilhante, claro, escuro, turvo, com partículas em suspensão.

Apertado

Descreve um vinho de estrutura, concentração e corpo.

Apoio

Trata-se de um tipo de vinho que oferece uma firmeza na sua textura, geralmente a partir de tanino, que ajuda a dar uma definição de vinhos mais segura, como o Cabernet e o Porto.

Aroma

Os aromas são cheiros que se originam com as uvas, ao contrário do buquê, que define os cheiros adquiridos durante o envelhecimento numa garrafa. No momento de degustação, os vinhos são descritos pelo aroma do vinho (cheiro sentido por cheirar o vinho pelo nariz) e sabor (cheiro sentido por via oral).

Aromático

Descreve um vinho com aromas intensos e florais. As variedades aromáticas particulares incluem Gewürztraminer, Muscat e Viognier.

Arrolhado

Descreve um vinho com sabor seco e a mofo e pode ser causado por uma rolha contaminada.

Aspersão

Refere-se à utilização de aspersores de água de modo a proteger o florescimento da vinha das geadas tardias da Primavera. Os pulverizadores são ativados quando as temperaturas ficam abaixo de zero, formando uma barreira protectora de gelo que protege o nascimento de videira jovens.

Assemblagem

É um termo francês utilizado para misturar vários lotes de vinho antes do engarrafamento, principalmente na região de Champagne.

Páginas