Como segurar corretamente um copo de vinho

Segurar copo de vinho

Existe uma forma correta e errada de pegar num copo de vinho? Sim. Para além das regras de etiqueta no que toca à forma como se deve pegar e segurar um copo de vinho, este gesto, se for feito da forma errada, pode influenciar a temperatura, o aroma e a textura do vinho.

A tradição manda…

Tradicionalmente, o vinho é servido num copo alto com pé, para que este possa ser pegado e segurado precisamente por esta haste ou então pela base do mesmo, mas nunca pelo copo em si. O copo tem funções específicas consoante o vinho que é nele servido e daí a necessidade de nunca segurar um copo de vinho pela parte superior. No caso do vinho tinto, o seu copo apresenta uma haste fina e um formato largo e arredondado que permite a “respiração” do vinho. No caso do vinho branco, o seu copo apresenta uma haste fina e longa, e um formato oval e estreito que permite conservar a frescura do vinho.

Certo e errado

O vinho é extremamente delicado e, quando servido à temperatura certa, é importante mantê-la assim de forma a prolongar o momento de prova e degustação. Por isso mesmo, recomenda-se que um copo de vinho nunca seja segurado pela sua parte superior, ou seja, de forma que as mãos estejam fechadas precisamente em torno do vinho. O calor que é transmitido das mãos através do vidro vai naturalmente aquecer o vinho – para além de este não ser o objetivo (o vinho deve ser sempre servido à sua temperatura ideal), o aquecimento pode ainda adulterar o aroma e a textura do próprio vinho. Pelos mesmos motivos, deve ainda evitar fechar completamente a mão em torno do pé do copo. A forma mais correta de segurar num copo de vinho é através da colocação do dedo indicador e do polegar no fundo do pé. Se não lhe parecer prático ou se o copo parecer muito pesado, certifique-se que este não esteja demasiado cheio – idealmente, um copo de vinho só deve estar entre 1/3 e 1/4 cheio.

Regras de etiqueta

A forma correta de pegar e segurar num copo de vinho também está relacionada com as regras de etiqueta, nomeadamente no que toca à degustação do vinho, especialmente quando estas decorrem numa prova de vinhos. Tal como manda a etiqueta, segurar num copo de vinho pelo fundo do seu pé permite a observação do próprio vinho, nomeadamente as suas características em termos de cor, espessura e limpidez; para além de permitir uma suave agitação do líquido, que é normalmente feito com gestos circulares. A apreciação visual do vinho é apenas uma das fases da degustação do vinho e se não segurar no copo pelo seu pé, o mais certo é encher o copo com dedadas que, para além de ser inestético, dificulta a própria apreciação visual. Ainda em termos de etiqueta, pegar num copo de vinho pelo pé é ainda recomendado por outro motivo: na hora do brinde, o som emitido por um copo que é segurado pelo pé é muito mais agradável.

Copos com pé, copos sem pé

Atualmente, existem muitos modelos de copos de vinho modernos, que deixaram de ter a tradicional haste, ou seja, como segurar corretamente num copo de vinho sem pé? Neste caso, e pelas mesmas razões acima referidas, é desaconselhado pegar no copo de vinho pela sua base, correndo-se o risco de sobreaquecer e alterar o vinho. Se for servido vinho num copo sem pé, deve segurá-lo diretamente acima de onde estiver o vinho, evitando assim o contacto das mãos com o próprio vinho.

A sua votação: